Gooogle Analytics o que é? Guia prático, como utilizar a ferramenta

Apreenda a utilizar o Google Analytics definitivamente de forma simples e clara. Confira o guia com exemplares práticos para que analise os dados do seu projeto!

Apesar do surgimento de muitas plataformas alternativas ao longo dos anos, o Facebook ainda é uma das redes sociais mais populares do mundo, com estatísticas superiores a 2 bilhões de usuários por mês. Aprenda a gerar resultados a partir de campanhas publicitárias nesta rede social. Os dados de 2021 mostram que dois terços dos usuários do Facebook visitam as páginas de negócios locais pelo menos uma vez por semana, e sua demanda cresceu substancialmente nos últimos anos. Agora, as chances de encontrar o público certo para sua marca, portfólio de produtos ou gama de serviços no Facebook são muito altas. Nesse sentido, se usada corretamente, a publicidade no Facebook é uma das ferramentas mais úteis para o desenvolvimento de uma estratégia de marketing digital de sucesso.

O que é o Google Analytics?

O Google Analytics é o serviço oficial gratuito de rastreamento de marketing digital fornecido pelo Google. Sua principal função é usar o código de rastreamento para coletar dados sobre seu site e visitas, comportamento e navegação, e organizar essas informações em uma série de relatórios. Além de uma rica análise de tráfego, esta ferramenta também pode ajudar webmasters com otimização de sites, testes de negócios e tomada de decisões, estratégias de marketing, etc. Desde a aquisição em 2005, a plataforma continuou a evoluir e já atingiu a quarta geração, nomeadamente o GA4.
Abaixo está uma captura de tela da página inicial do Google Analytics.

Google-Analytics--Rui-Caterça

No menu esquerdo, você pode acessar:

  • Personalização: crie e acesse relatórios ou alertas personalizados;
  • Tempo real: dados coletados em tempo real, incluindo indicadores como localização, fonte de acesso, conversão etc.;
  • Público-alvo: informações de tráfego e navegação, como número de sessões, visualizações, taxa de rejeição e outras informações;
  • Aquisição: dados relativos à aquisição de usuários por meio de atividades (Google Ads), tráfego orgânico, redes sociais etc .;
  • Comportamento: relatórios de comportamento, como o número de sessões, tempo de permanência, desempenho do conteúdo e velocidade da página;
  • Conversões: relatórios de metas definidas pelo usuário, conversões de comércio eletrônico e funis multicanais.

Quão importante é o Google Analytics?

O Google Analytics é considerado uma parte importante dos sites, porque sem ele, realmente não sabemos nada. Como disse o estatístico William Edwards Deming: “Você não pode gerenciar o que não pode medir.”

O mercado atual oferece uma ampla gama de soluções de monitoramento e análise de sites, como Adobe Analytics e Mixpanel, aplicativos gratuitos que geram mapas de calor, como Hotjar e Crazyegg, e até software de código aberto que pode ser instalado no próprio servidor, como Matomo (anteriormente PWIKI)) E Open Web Analytics, etc.

O GA não desistiu dessas ferramentas, mas merece atenção especial, antes de mais nada, seus donos: quem pode nos fornecer informações melhor do que o Google para otimizar o desempenho de nosso conteúdo na Internet?

Além disso, é um serviço gratuito – em comparação com as plataformas pagas, não tem deficiências. Sua interface é amigável, fácil de integrar com outros produtos, possui enormes recursos de processamento de dados e oferece funções ricas, desde as mais básicas até as mais complexas.

Você sabe o que tudo isso significa para si? Muitos, na verdade vários benefícios! Os fundamentais estão abaixo:

Entenda a origem da visita

Saber a origem dos visitantes do site é essencial para otimizar sua campanha ou orientar sua estratégia de marketing de conteúdo. Afinal, existem várias fontes de aquisição, como URLs, anúncios, banners, backlinks, busca natural ou redes sociais.

Não para por aí. O GA também nos informa o tipo de dispositivo que o usuário usa, geralmente até o modelo, o que ajuda a melhorar a navegação e o design.

Entenda o perfil do visitante

No marketing digital, existem muitas afirmações sobre as representações semificcionais de papéis e clientes ideais. Essas funções são os principais parâmetros de sua produção de conteúdo. Normalmente são construídas por meio de dados e pesquisas internas, mas devem ser continuamente aprimoradas.

O Google Analytics fornece-nos informações que nos permitem compreender melhor os dados pessoais das pessoas que visitam o nosso site – os dados demográficos são um bom exemplo.

Você também pode segmentar usuários com base no idioma, idade, sexo e até mesmo interesses. Essas informações nos permitem entender se nosso conteúdo atrai as pessoas certas e, em caso afirmativo, podemos entendê-las melhor.

Descubra o canal com a maior taxa de conversão

No início, foi interessante para a empresa explorar o maior número possível de canais para descobrir oportunidades e entender melhor o público. No entanto, gradativamente, aqueles que produzem mais resultados devem ser priorizados para otimizar o investimento.

Tudo isso pode ser tratado de forma muito intuitiva no Google Analytics, pois além de fornecer dados muito ricos sobre o público, a ferramenta também oferece um mecanismo de teste A / B

Identifique o conteúdo que gera mais resultado

O relatório GA também apresenta as páginas de melhor crescimento. Isso permite identificar o conteúdo de melhor desempenho com base nos KPI´s (número de tráfego, persistência, taxa de conversão, etc.).

Obrigado por avaliar